Guarda-roupa sem porta é tendência no decór

Despojado, o armário sem porta se mostra como solução econômica para projetos – como o Dormitório do Filho, ambiente do escritório Dos Mundos na Morar Mais por Menos

Foto: Pixabay

Como escolher um guarda-roupa funcional, moderno e ainda assim econômico? A resposta é simples: basta optar pelas opções sem porta. Cada vez mais populares no décor, os armários abertos barateiam a produção da peça, que dispensa ferragens e economiza material. “Mais acessíveis do que os armários convencionais, eles trazem um ar descontraído para o ambiente e ainda são ótimas soluções para pequenos espaços”, opinam Carina Pederzoli e Rodrigo Amaral, arquitetos a frente do escritório Dos Mundos.

As vantagens desse tipo de guarda-roupa vão além do preço. Por serem abertos, as roupas ficam visíveis e ao alcance das mãos, permitindo que o morador tenha noção de tudo o que possui, sem perder uma peça ou outra. Isso faz com que elas sempre estejam arejadas, algo essencial especialmente para projetos litorâneos ou que estejam em regiões úmidas. “A ventilação proporcionada pelo guarda-roupa sem portas diminui a proliferação de bolor e mau cheiro”, explicam Rodrigo e Carina. Mas a dupla alerta: é necessário se atentar ao local escolhido para o guarda-roupa. Deixá-lo muito próximo de uma janela que não possua cortina ou persiana, por exemplo, pode fazer com que os raios solares desbotem as peças.

Muito versáteis, os armários sem portas podem ser encontrados em diversos estilos e composições – podem possuir araras, prateleiras, gaveteiros, nichos. “O importante é escolher a disposição que melhor acomoda as roupas e itens do morador”, afirmam. Assim, quem usa muitas peças longas – como vestidos – deve optar por modelos com mais espaço entre prateleiras, enquanto um calceiro é indispensável para os homens.

 

Guarda-roupa sem portas projetado pelo escritório Dos Mundos. Foto: JP IMAGE

 

Bom exemplo são os armários sem portas projetados pelo Dos Mundos para a mostra Morar Mais por Menos, em São Paulo. Pensadas para um adolescente apaixonado por esporte, jovem e descolado, as peças fugiram da madeira tradicional, ganhando um ar mais industrial e moderno. Executados pela Metall Designer, eles possuem gaveteiros na parte baixa, para auxiliar na organização, e contam com rodízios, para facilitar a mudança de layout no ambiente, quando desejado. “Buscamos entender que, para as novas gerações, uma casa não é para sempre. Hoje podemos estar aqui, amanhã em outro bairro e, em três anos, em outra cidade. Optar por móveis que podem acompanhar as mudanças foi essencial”, comentam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.